escravidao 2

HistóriaHoje, 13 de março de 2017. A seguir estão os tópicos importantes para a compreensão inicial sobre a escravidão africana no Brasil (veja a video aula):

1- As principais palavras-chave/conceitos e frases para esse assunto são:

modo de produção escravista – plantation – mercantilismo – pacto colonial – trafico transatlântico – Bill Aberdeen – lei de 1831 – lei Eusebio de Queirós – Lei do Ventre Livre – Lei do sexagenário – Lei Aurea.

2- Desenvolvimento esteve baseado nestes contextos históricos:

  • O capitalismo mercantil
  • acúmulo de metais preciosos (metalismo)
    balança comercial favorável
  • protecionismo
  • busca por especiarias (Asia)
  • rotas maritimas dominadas por Portugal

3-Brasil a grande colônia de exploração

  • mudança do eixo de exploração para as Américas
  • ciclo da cana e do ouro = escravos africanos
  • ciclo da café (ouro negro) = necessidade de muitos braços no plantio

4- BRASIL: “O grande devorador de negros”

  • grande parte dos africanos escravizados vinham para o Brasil
  • a vida econômica brasileira estava centrada no uso de africanos escravizados
  • a inaptidão para o trabalho no campo e os jesuítas fizeram com que os indígenas brasileiros fossem colocados de fora de grande parte do processo de escravidão
  • a grande extensão territorial das plantações necessitavam de muitos braços de trabalho plantation 

5-Do comércio legal ao tráfico

  • Independência do Brasil e o reconhecimento inglês = lei de 1831 (lei Feijó)
  • Durante a ilegalidade aumento do número de escravos ciclo do café = mais escravos
  • lei Bill Aberdeen (1845)
  • lei Eusébio de Queiroz (1850)

6-Leis pré-abolição e abolição

  • Lei do ventre livre (1871)
  • lei do sexagenário (1885)
  • lei Áurea de 1888 (abolição)

7-Relações com temas atuais

transporte ilegal dos imigrantes para Europa – subempregos – afrodescendentes no Brasil – violência contra os negros na America do norte e Brasil